Áreas

07/08/2017 - 15:00
A palestra “Limites não tão extremos: quebrando preconceitos pela saúde do homem”, do repórter da Rede Globo, Clayton Conservani.

Foi-se o tempo em que o popular “derrame” – o Acidente Vascular Cerebral (AVC) – era um mal a atingir apenas idosos. Dados do Ministério da Saúde mostram que 62 mil pessoas abaixo dos 45 anos morreram no Brasil por esta causa entre os anos 2000 e 2010. Além disso, o problema, apesar de ser plenamente preventivo, é uma das principais causas de morte de homens em idade, entre 20 e 59 anos. Esse é um dos motivos pelos quais o Governo do Pará lança este mês a campanha “Saúde do Homem”, com objetivo de incentivar práticas de hábitos saudáveis nessa população. O evento será no próximo dia 8, às 18h, no Teatro Margarida Schivasappa, com a presença do repórter-atleta Clayton Conservani. 

Nesse dia, será apresentada a Cartilha de Cuidados com a Saúde do Homem, que traz orientações na área da saúde destinadas ao sexo masculino. A partir das 14 horas, no hall de entrada no teatro, serão oferecidas, gratuitamente, vacinas contra influenza, tétano e febre amarela, exames rápidos de hepatites B e C e sífilis, além da aferição de pressão arterial, avaliação nutricional e distribuição de camisinhas. Para participar, basta apresentar a carteira de identidade com o número do CPF e, se tiver, o cartão de vacinação.

O lançamento contará ainda com a palestra “Limites não tão extremos: quebrando preconceitos pela saúde do homem”, do repórter da Rede Globo, Clayton Conservani. “Vou estar em Belém para conversar sobre o quanto a prática de esportes e outras atividades físicas são fundamentais para a saúde masculina, assim como o hábito de procurar um médico, sempre que sentir algum aviso do corpo. Nada de ficar deixando para depois, como muitos costumam fazer”, antecipa Clayton.

Aos 51 anos, o jornalista nascido em Resende (RJ) é conhecido por suas matérias que, via de regra, desafiam o limite do próprio corpo, o que lhe valeu um quadro especial no Esporte Espetacular, o  Esporte Extremo e, em 2011, uma edição especial do quadro que recebeu o nome de Planeta Extremo para o Fantástico (TV Globo), até virar um programa com edições exibidas aos domingos à noite.

A programação da campanha conta ainda com apresentação das peças que inclui cartaz, vídeo e página na internet. “As pessoas poderão ter acesso ao material dessa campanha, primeiramente participando do lançamento, no dia 8, e depois, por meio da página oficial www.pa.gov.br/saudedohomem. Também iremos buscar parcerias com diferentes segmentos sociais, para que o tema, que é do interesse de todos, seja trabalhado pelas empresas nos ambientes de trabalho, pelos clubes, academias, escolas, universidades, igrejas, etc. Esse esforço conjunto é fundamental para que a mensagem chegue e seja compreendida por diferentes públicos”, resume o secretário de Estado de Comunicação, Daniel Nardin.

Esta é a quinta campanha promovida este ano pelo Governo do Pará. Os temas já abordados foram: “Combate à violência contra a mulher”, “Incentivo à Leitura”, “Combate à LGBTFobia” e de educação no trânsito “Todos pela Vida. Faça sua Parte”, com o envolvendo de praticamente toda a estrutura do Estado de maneira integrada, direta ou indiretamente. Nesta edição, a coordenação será da Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa) e de Comunicação (Secom).

Prevenção – As ações que norteiam o alerta quanto à necessidade de se promover o autocuidado com a saúde por parte do sexo masculino, estão contempladas pela Política Nacional de Saúde do Homem, do Ministério da Saúde. No Pará, a Sespa é a responsável por esse trabalho, por meio da Coordenação Estadual de Saúde do Homem.

Carlos Sales Júnior, coordenador Estadual de Saúde do Homem da Sespa, explica que a ideia apostar em ações preventivas. “Entre as doenças que mais matam os homens, estão as cardiovasculares, como infarto agudo do miocárdio e o AVC. Para evitá-las, é preciso haver prevenção, com exames regulares simples, como medir a glicemia, saber se existe risco de diabetes, verificar pressão arterial, e isso pode e deve ser feito no posto de saúde, na atenção básica”, diz.

Entre as estratégias usadas para atrair os homens para os postos de saúde e assim incentivar o autocuidado, está o programa Pré-Natal do Parceiro. Desenvolvido pelo Ministério da Saúde, tem por objetivo orientar o homem a exercer a paternidade desde o planejamento reprodutivo do casal, passando pela fase do pré-natal, parto e atenção às crianças, por meio da realização de exames de rotina, de testes rápidos, da atualização da carteira vacinal e da participação nas atividades educativas nos serviços de saúde.

 

Serviço: O lançamento da Campanha Saúde do Homem será nesta terça-feira, dia 08/08/2017, às 18 horas, no Teatro Margarida Schivasappa (Centur). Entrada gratuita. Informações: (91) 3202-0903.