Áreas

25/09/2017 - 14:15
A aposentada Raimunda Maria, que não conhecia o aplicativo, gostou da solução.

Durante a Feira Internacional de Turismo da Amazônia (Fita), realizada entre os dias 21 e 24 de setembro, no Hangar - Convenções e Feiras da Amazônia, em Belém, a Empresa de Tecnologia da Informação e Comunicação do Estado do Pará (Prodepa), que comemora nesta segunda-feira, 25, 64 anos de fundação, apresentou a versão 2017 do aplicativo "Kd a Berlinda?", que monitora as 12 romarias do Círio de Nossa Senhora de Nazaré.

A nova versão inclui uma série de funcionalidades, como sensor de presença e traçado de rota, agradou aos visitantes da Fita 2017 que estiveram no estande do Governo do Estado. A aposentada Raimunda Maria, que não conhecia o aplicativo, gostou da solução. “Achei muito interessante e útil, ajuda nos deslocamentos durante os dias de procissão quando o trânsito fica bastante complicado”, disse.

Além de investir para deixar o aplicativo mais leve, com a possibilidade de um quantitativo de acessos cada vez maior e com mais qualidade, a Prodepa vem trabalhando junto à Secretaria de Estado de Turismo (Setur) para a internacionalização do aplicativo. “Vamos disponibilizar uma versão em inglês este ano. As informações sobre as romarias, horários, será bilingue”, informa Anderson Góes, gerente de Tecnologia e Inovação da Prodepa.

Como serviço de utilidade pública, a ferramenta tem sistema georreferenciado, em que as coordenadas da berlinda são capturadas por GPS em tempo real e transmitidas pela rede 4G para um servidor. Em um site web (www.kdaberlinda.pa.gov.br), acessível por qualquer dispositivo móvel ou computador, é possível acompanhar o trajeto percorrido. Utiliza aplicações ajustáveis, que se adaptam ao tamanho da tela. A página é acessada com todas as suas funcionalidades, independente do dispositivo utilizado, computador, tablet ou celular.

Novidades

Na abertura do aplicativo, um tutorial deve apresentar as funcionalidades, mostrando como utilizar. Bastante útil para romeiros e turistas que não conhecem a cidade, entre as novidades para 2017 estão o sensor de presença e o traçado de rota. “Ao ser ativado o sensor de presença, o usuário vai recebendo mensagens durante a procissão, à medida que a Berlinda se aproxima, enquanto o traçado de rota indica a trajetória de onde está o usuário até a Berlinda”, explica Anderson.

Disponível em três plataformas: Android, IOS (Iphone e Ipad) e Windows Phone, o “Kd a Berlinda?” é considerado um aplicativo nativo. É possível fazer o download direto da loja dos aplicativos para o celular, de graça, sem nenhum custo, e com um ícone já abrir direto no mapa para visualizar onde está a berlinda.

O serviço estará disponível, a partir do Traslado para Ananindeua, na sexta-feira, 6 de outubro. Seguindo nas demais procissões do sábado, 7: a ida para o distrito de Icoaraci, a Romaria Fluvial, a Moto-romaria e a Trasladação; e no domingo, 8, o Círio. Outras seis romarias que são realizadas após o Círio também contarão com o monitoramento: a Ciclo Romaria, a Romaria da Juventude, a Romaria das Crianças, a Procissão da Festa e o Recírio, chegando a 12 procissões.

Agência Pará