SEGUP | Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social | www.segup.pa.gov.br
17/05/2021 - 14:15

 

Nesta segunda-feira (17), comemoramos o Dia Internacional da Internet, data estabelecida pela Organização das Nações Unidas (ONU) desde 2005, para colocar em pauta a Inclusão Digital. Dados do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) de 2017, mostram que 57,3% da população paraense tem acesso à internet. Deste percentual, 96,6% acessa pelo celular. Os dados são baseados na Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD).

O Governo do Pará tem trabalhado, através da Empresa de Tecnologia da Informação e Comunicação do Pará (Prodepa), em um movimento de transformação digital, que auxilia tanto os órgãos públicos, quanto os cidadãos. A Internet disponibilizada pela empresa, em projetos como o “Navegapará”, leva integração e conexão por todo o estado, em pontos de acessos livres (Hotzone), cidades digitais e redes de integração (fibra ótica), tornando cada vez fácil o acesso. Além disso, sistemas desenvolvidos pela Prodepa, facilitam a vida do cidadão, como é o caso da  delegacia virtual, onde o cidadão registra ocorrências policiais. 

O gerente da Divisão de Ferramentas de apoio, Flávio Alves, que cuida do suporte à Delegacia Virtual, na Prodepa, aponta que a “digitalização” deste serviço facilitou e muito a vida das pessoas. “A evolução na Delegacia Virtual tornou o acesso da população aos serviços muito mais fácil”, comenta. 

A professora Ana Cristina Soares, 46, já utilizou o serviço e elogiou: “O site apresenta informações de forma clara e objetiva, além de economizar tempo e antecipar procedimentos, pois, você terá o boletim pronto para apresentá-lo quando necessitar”, afirma a professora, que foi assaltada quando estava em missão pela a Igreja Evangélica, no bairro do Paar, em Ananindeua. 

Além da delegacia virtual, outros serviços aproximam os cidadãos do Governo do Estado, como é o caso do Programa Obesidade Zero. O sistema desenvolvido pela Prodepa e gerenciado pela Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa), faz cadastro para realização de cirurgia bariátrica para quem precisa, eliminando filas no serviço público de saúde. Como esses, vários outros serviços disponíveis na internet, facilitam o dia-a-dia da população.

Outros sites e sistemas desenvolvidos pela Prodepa para o cidadão 
Site Monitoramento e Transparência COVID-19 - O governo do Pará tem dois sites para entender o movimento da pandemia do coronavírus e a ação do Estado: O site Monitoramento COVID-19, desde maio de 2020, traz informações sobre os números da pandemia. Os acessos contabilizados alcançaram: 1.607.630. No site, são encontrados os números de infectados, mortos, curados, leitos disponíveis e outros pontos importantes sobre o quadro epidemiológico paraense. 
Já o site Transparência COVID-19, traz esclarecimentos, de como o governo do Estado gerencia os gastos públicos e mostra ao cidadão, seu compromisso de dar publicidade às ações relacionadas à pandemia. É possível verificar no site, as Legislações e Orientações em relação ao coronavírus, os investimentos do Fundo Esperança e Renda PARÁ, e as aquisições e contratações na área da saúde. 

Site Pará Paz Acolhe - Mulheres e crianças, vítimas de abuso sexual ou violência doméstica, tem acolhimento psicológico por parte do poder público. Esse serviço é disponibilizado pela plataforma digital Pará Paz Acolhe. Totalmente intuitivo, o site possibilita à vítima, mediante o cadastramento de seu CPF, a criação de uma senha de acesso ao atendimento emocional. A cidadã também conhece leis e pode fazer contato para realizar denúncias relativas a violência sofrida.

NavegaPará - É uma iniciativa do Governo do Estado do Pará para promover a Inclusão Social através da Inclusão Digital, a democratização do acesso à Internet pelos órgãos de Governo e pela sociedade, possibilitando a implantação do governo digital e a aproximação do cidadão das políticas públicas eletrônicas.
É composto por ações de Inclusão e Cidadania e por ações estruturantes que interligam redes dentro do Estado do Pará através de diversas tecnologias de telecomunicações, como rádio e fibra óptica, possibilitando o acesso e a disponibilização de serviços públicos digitais, por meios de sistemas e outras soluções web, em diversas regiões do Estado.

KD a Berlinda – Aplicativo para celulares, que permite que o usuário saiba a localização exata da berlinda que percorre às ruas da capital paraense no Círio, levando a imagem peregrina de Nossa Senhora de Nazaré, padroeira do Pará, mais próxima de seus fiéis. 

CERM - O Sistema foi desenvolvido para a realização do Cadastro Estadual de Controle, Acompanhamento e Fiscalização das Atividades de Pesquisa, Lavra, Exploração e Aproveitamento de Recursos Minerários (CERM). Este cadastro é obrigatório para todo e qualquer empreendimento minerador existente no Pará.A ferramenta é indispensável para que o Estado planeje políticas públicas para as regiões mineradoras.

 

Texto por: Gabriela Dutra

Foto: Juan Pereira/PRODEPA