SEGUP | Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social | www.segup.pa.gov.br
30/03/2022 - 09:30

O PAE atual funciona simultaneamente com o PAE 4.0 e, e a partir do lançamento da nova versão, será possível usar as duas versões.

Será lançado nesta quinta-feira (31), o PAE 4.0. O sistema de Processo Administrativo Eletrônico (PAE)  atualizado para que haja um maior número de usuários, tramitação de processos simultâneos e uma experiência de usuário mais aprimorada, como a navegação a partir de dispositivos móveis.

O PAE é uma plataforma on-line desenvolvida pela Empresa de Tecnologia da Informação e Comunicação do Pará (Prodepa), com o apoio da Secretaria de Estado de Planejamento e Administração (Seplad). O serviço substitui processos físicos por eletrônicos e traz agilidade à administração pública em um ambiente digital integrado.

A Prodepa trabalha na nova versão do serviço, desde o final do ano de 2019, motivada pelo uso ampliado da plataforma durante a pandemia, em 2020, sendo que agora a atualização traz em sua estrutura interna uma expansividade que permite mais usuários simultâneos, sem que haja problemas de funcionalidade.

A versão 4.0 foca na usabilidade prática, com um layout mais simples, intuitivo e responsivo, podendo agora ser utilizado também a partir de dispositivos móveis. As antigas funcionalidades foram atualizadas para esta nova versão, sempre com a possibilidade de evoluções futuras, conforme necessidades apontadas pela Seplad e outros órgãos públicos.

De acordo com Gustavo Costa, diretor de Desenvolvimento de Sistemas da Prodepa, o PAE representa um grande passo para a transformação digital no Estado. “A plataforma é uma evolução tecnológica, tanto para os servidores do Estado, que vão trabalhar com uma ferramenta mais moderna, amigável, com mais funcionalidades, adaptada a qualquer dispositivo, como para a Prodepa, que implanta novas tecnologias e conseguirá atender o estado de forma eficaz”, pontua o diretor.

Adriana Teles, gerente de Projetos e Inovação da Prodepa e responsável pelo desenvolvimento do PAE, explica que a plataforma é um importante mecanismo para o governo digital paraense e torna o serviço público mais atualizado. “O PAE é o eixo da transformação digital do Governo do Estado, pela quantidade de documentos que abriga”, diz. 

Novas funcionalidades - O PAE 4.0 apresenta novas funções que tornam ainda mais fácil e ágil a tramitação dos processos, como criação de templates de documentos (para qualquer espécie), de acordo com a necessidade de cada instituição; caixa de entrada unificada (por exemplo: ações em lote em uma única área); anexação de documentos de uma única vez; configuração de organograma por órgão; desenvolvimento de gráficos de fluidez de trabalho, para acompanhamento das ações e tomada de decisão; notificações para os usuários; e consultas indexadas (possibilidade de pesquisa dentro dos documentos).

Além dos benefícios digitais trazidos pela plataforma, há consequências positivas nos gastos do governo estadual, evidenciando que a ferramenta impacta além do digital, como relata a titular da Seplad, Hana Ghassan.

“O PAE permite a criação e tramitação de documentos na forma eletrônica, dando mais segurança, rapidez e economicidade aos processos administrativos. Além disso podemos ampliar a sustentabilidade, com o uso da tecnologia da informação e da comunicação, reduzindo o uso de papel, tinta e combustível, facilitando também o acesso do cidadão às instâncias administrativas”.

Marcos Brandão da Costa, presidente da Prodepa, ressalta que inicialmente apenas a Prodepa, Seplad e Procuradoria Geral do Estado (PGE) utilizarão o PAE 4.0. “Durante os próximos 2 meses, outros órgãos também irão aderir paulatinamente ao sistema. O PAE atual seguirá funcionando simultaneamente com o PAE 4.0 e, a partir do lançamento da nova versão, os órgãos poderão usar, tanto a versão atual como a nova”, reforça.

As ações protocolares e a Intenção de Registro de Preço (IRP) estarão disponíveis também nas duas versões, nesses 2 meses, assim como os protocolos físicos; mas depois desse prazo só serão realizadas no PAE 4.0. A partir daí o sistema atual travará para protocolos, mas a tramitação e anexação, até o processo ser arquivado, continuarão no antigo. A nova versão 4.0 também comportará consultas sobre processos tramitados nas versões antigas.

Brandão lembra ainda que a nova versão será de fácil acesso, mas ocorrerá uma apresentação geral para todos os gestores de cada órgão, de maneira progressiva nos próximos meses. “Além disso, o Portal do PAE 4.0, irá disponibilizar tutoriais (vídeos) para orientação de uso”, acrescenta.

 

Texto por: Andrei Sampaio Soares
Supervisão por: Luiz Flávio 
Foto por: Afonso Henrique