SEGUP | Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social | www.segup.pa.gov.br
08/04/2022 - 11:15

O Governo do Estado do Pará, por meio da Empresa de tecnologia da informação e comunicação do Pará (Prodepa), em parceria com a equipe de gestão da Secretaria Estratégica de Articulação da Cidadania (SEAC), lançou nesta quarta-feira (6), o software que vai auxiliar no desenvolvimento de gestão das Usinas da Paz, que é um projeto integrado pelo Territórios pela Paz.

O novo sistema foi apresentado de forma detalhada aos gestores, servidores, instituições parceiras e também aos profissionais das UsiPaz; o formato do software e suas vantagens, assim como o aperfeiçoamento do atendimento nas Usinas. Para a população atendida pela Usina da Paz, o sistema terá a possibilidade de controlar as programações e facilitar os atendimentos. Além de gerenciar e auxiliar o trabalho dos colaboradores, garantindo mais agilidade e também gerando dados para a melhoria dos serviços. 

Os projetos oferecidos pela Prodepa, asseguram a inclusão digital, e assim garantem para a população cidadania e acesso à internet. A Prodepa é a responsável por gerar a conexão nos complexos da Usina da Paz, disponibilizando internet gratuita e de qualidade. Ao todo são seis pontos de Wi-Fi Outdoor e 28 pontos de Wi-Fi Indoor, divididos entre as três usinas já inauguradas. Além da conexão cabeada que foram adequados 150 pontos disponíveis nas unidades.

De acordo com o Diretor de desenvolvimento da Prodepa, Gustavo Costa, o sistema será um facilitador na gestão do projeto Territórios Pela Paz. “Este é mais um sistema que auxilia o Estado a se desenvolver tecnologicamente”, pontuou. 

O treinamento para os servidores que utilizarão o software, acontecerá durante todo o mês de abril e no dia 2 de maio, o sistema começa a operar efetivamente nas usinas. 

Segundo a gerente de projetos da Prodepa, Lorena Góes, o software vai possibilitar analisar e registrar as atividades de forma segura e organizada, além de gerar melhorias nessas atividades de acordo com as estatísticas dos frequentadores. “Esse sistema busca facilitar e melhorar cada vez mais os serviços oferecidos pelo Ter Paz. Será benéfico tanto para os colabores, quanto para a população. É um sistema que será evoluído e vai atender quem mais nos interessa, que é o cidadão”, reiterou a gerente. 

Para o secretário adjunto da Seac, Julio Alejandro Quezada, o novo sistema vai permitir mais cidadania para a população que utiliza o Ter Paz, e dessa forma teremos a democratização e igualdade no acesso à informação. “Esta ferramenta será muito importante, permitindo que a comunidade e os locais do Território pela Paz acessem os serviços públicos disponíveis. E dessa forma o Governo promove democratização e amplia o exercício da cidadania”, reiterou Alejandro.

 

Texto por: Afonso Santos
Supervisão por: Luiz Flávio 
Foto por: Divulgação/SEAC